Lançamentos em DVD: dezembro de 2017, parte 2 - por Allyson Rodrigues

IT – A COISA 2017 (2h 15min)

Direção: Andy Muschietti

Elenco: Bill Skarsgård, Jaeden Lieberher, Finn Wolfhard mais

Gêneros Terror, Suspense

Nacionalidade EUA

Um grupo de sete adolescentes de Derry, uma cidade no Maine, formam o auto-intitulado "Losers Club" - o clube dos perdedores. A pacata rotina da cidade é abalada quando crianças começam a desaparecer e tudo o que pode ser encontrado delas são partes de seus corpos. Logo, os integrantes do "Losers Club" acabam ficando face a face com o responsável pelos crimes: o palhaço Pennywise.

O tom de aventura consegue ofuscar o terror nesta refilmagem do clássico da década de 1990. Não que os sustos não existam, mas diretor Andy Muschietti gasta boa parte do tempo desenvolvendo a amizade dos personagens, o ambiente em que se passa a história e justificando a total apatia dos adultos em relação aos desaparecimentos na cidade. O diretor dosa bem todos esses ingredientes, que tem momentos divertidos e mantém uma tensão crescente até o clímax final. NOTA: 8,0

O ESTRANHO QUE NÓS AMAMOS 2017 (1h 33min)

Direção: Sofia Coppola

Elenco: Colin Farrell, Nicole Kidman, Kirsten Dunst mais

Gênero Drama

Nacionalidade EUA

Virginia, 1864, três anos após o início da Guerra Civil. John McBurney (Colin Farrell) é um cabo da União que, ferido em combate, é encontrado em um bosque pela jovem Amy (Oona Laurence). Ela o leva para a casa onde mora, um internato de mulheres gerenciado por Martha Farnsworth (Nicole Kidman). Lá, elas decidem cuidá-lo para que, após se recuperar, seja entregue às autoridades. Só que, aos poucos, cada uma delas demonstra interesses e desejos pelo homem da casa, especialmente Edwina (Kirsten Dunst) e Alicia (Elle Fanning).

Sofia Coppola é famosa por personagens femininos fortes em suas produções, assim foi em Maria Antonieta, Encontros e Desencontros em As Virgens Suicidas. Embora tenha mudado um pouco o foco em seus últimos dois filmes (Bling Ring – A Gangue de Hollywood e em Um Lugar Qualquer) a diretora retorna ao universo feminino com um drama delicado, mas igualmente esquecível. NOTA: 5,0

MÃE! 2017 (2h 02min)

Direção: Darren Aronofsky

Elenco: Jennifer Lawrence, Javier Bardem, Ed Harris, Michelle Pfeiffer

Gênero Suspense

Nacionalidade EUA

Um casal vive em um imenso casarão no campo. Enquanto a jovem esposa (Jennifer Lawrence) passa os dias restaurando o lugar, afetado por um incêndio no passado, o marido mais velho (Javier Bardem) tenta desesperadamente recuperar a inspiração para voltar a escrever os poemas que o tornaram famoso. Os dias pacíficos se transformam com a chegada de uma série de visitantes que se impõem à rotina do casal e escondem suas verdadeiras intenções.

Darren Aronofsky é diretor de filmes memoráveis que vai de Cisne Negro ao O Lutador, dois filmes quase unanimidades pela crítica. Mas sua filmografia também tem produções de gosto duvidoso, daquele tipo ame ou odeie, como Noé ou Fonte da Juventude. E é nesse segundo grupo de Mãe! Se encaixa. O filme funciona como uma alegoria da bíblia e vai ao extremo com imagens arrebatadoras e outras perturbadoras. Vai incomodar as mentes mais vulneráveis e dividir opiniões. NOTA: 3,0  

  

ATÔMICA  2017 (1h 55min)

Direção: David Leitch

Elenco: Charlize Theron, James McAvoy, Sofia Boutella, John Goodman, Toby Jones

Gêneros: Ação, Espionagem

Nacionalidade: EUA

Lorraine Broughton (Charlize Theron), uma agente disfarçada do MI6, é enviada para Berlim durante a Guerra Fria para investigar o assassinato de um oficial e recuperar uma lista perdida de agentes duplos. Ao lado de David Percival (James McAvoy), chefe da localidade, a assassina brutal usará todas as suas habilidades nesse confronto de espiões.

Poucas atrizes interpreta uma heroína de ação de forma tão convincente como Charlize Theron (de Mad Max - Estrada da Fúria). A atriz sai no braço com um monte de marmanjos nesta produção que abusa de planos sequencias grandiosos de lutas e uma belíssima e perfeita reconstituição de época. Tudo isso embalado com muita sensualidade e uma deliciosa trilha sonora dos anos 1980. NOTA: 9,0